Arquivo do mês: maio 2012

Por que amo Llansol

por Janaina de Paula Costa “Eu não tenho tesouros, só incumbências”. Incumbida da tarefa deste pequeno texto, não renuncio e sou invadida pela pergunta: “Quem precisa que um ramo entre na sua vida?” Naquele verão, trocara o buquê pelo ramo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Por que amo Llansol

MAZURCA PARA DOIS VIOLONCELOS                                                                           por Paulinho Assunção [para yvette centeno] aedos gregos gotejaram toda a noite pela torneira da pia da cozinha. ao gato, dei o nome de milênios. chovia rilke. vento, só o vento baixo, curto, sereno. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | Deixe um comentário

Esta galeria contém 2 fotos.

Hoje, pela manhã, aconteceu no Sesc Palladium, em Belo Horizonte, uma palestra-oficina com Lucia Castello Branco e Cinara de Araújo, dentro do evento “Arte e Liberdade: a arte na luta antimanicomial”. Foi apresentado, por Lucia Castello Branco, um texto chamado … Continuar lendo

Galeria | Deixe um comentário

Por que amo Llansol

                                                                  por paulo de andrade     (duas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Fícus: para que nossos pés prossigam no júbilo dessa memória

Para aquela que desejava desenvolver-se não em termos de países, mas de “árvores com afinidades”; para aquela que um dia escreveu “porque quando me dou, não me quero deixar em testamento”; para aqueles que buscam apenas um detalhe na descrição, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Llansol e Joyce

Algumas vezes, vemos o texto de Llansol ser aproximado ao de Joyce. Não por sua textualidade, evidentemente, mas pela “operação do poema” que, em ambos, faz seu trabalho. Como neste excerto do Finnegans Wake, traduzido por Augusto e Haroldo de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário