Conversas com Llansol

Lindo depoimento de Deleuze sobre a alegria – palavra tão cara para Maria Gabriela Llansol. Porém, discordamos, somente, de um ponto da fala de Deleuze: não se pode colocar a psicanálise do lado dos padres e dos juízes, ou seja, do lado da tristeza. Ela pode e deve partilhar das fontes da alegria. Por que não? Ela pode ser sim um saber da alegria: de la joie, de la jouissance…

Anúncios
Vídeo | Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s