Dedico-vos estes textos

Às vésperas de mais um eclipse lunar, iniciamos duas novas séries em nosso fiodeaguadotexto. Essas séries vão se alternar semanalmente e recebem os nomes de “Dedico-vos estes textos” e “Companheiros Filosóficos”.

Na primeira delas, postaremos recados de legentes para outros legentes, para amigos distantes e próximos, para desconhecidos, existentes-não-reais e reais-não-existentes. O importante é que, não sendo sempre textos de Llansol, serão certamente textos, leituras, imagens inspirados em Llansol, ou que, de alguma maneira, passam pelo texto llansoliano. E a ideia é mesmo a da carta, a carta de amor ímpar, em busca de sua destinação.

Na segunda delas, teremos, em fragmentos, os textos de dissertações e teses sobre Llansol, defendidos na UFMG. Mas, como esses trabalhos já se encontram disponíveis no site da Faculdade de Letras, decidimos não reproduzi-los aqui na íntegra, mas aos pedaços e e semanalmente, na forma do folhetim.

Assim, reunidas em verbetes, que são também suas “palavras-chave”, essas teses e dissertações aparecerão aqui como textos de fulgor, apenas anunciando o trabalho que, em torno de seus verbetes centrais, se desenvolveu.

Imagem

Iniciamos, então, nesta semana, a série “Dedico-vos estes textos”, com a leitura de Mafalda Saloio de um conto de Lucia Castello Branco, extraído do livro “Preces para a amiga submersa”.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s