Pensar a literatura incomparável

Cinara na Praia das Maçãs                        Cinara de Araújo, na Praia das Maçãs, em 2003

Em sobreimpressões da Praia das Maçãs, do Arrábido, da Cas’a’screver, da Casa Amarela e da Casa por vir, em outro mar, Cinara de Araújo faz, em performance invisível, sua intervenção inesquecível, no “II Seminário de Estudos Literários: Pensar a Literatura Incomparável”, realizado em 28 e 29 de abril de 2016. Para acompanhar o invisível, em sua força poética  “impossível de não ver”:

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s