Estético convívio

No dia 2 de setembro, a Cas’a’screver, novamente em estético convívio, promoveu  o lançamento da Revista da Escola Letra Freudiana, do Rio de Janeiro, em homenagem à escritora Marguerite Duras — Letra Irredutível, M.D. Celebrando os 35 anos da Letra Freudiana e os 10 anos da Cas’a’screver, reuniram-se alunos, psicanalistas, escritores, artistas, numa festa memorável, coroada pela voz de Julia Branco e pela lua nova no céu.

Aqui postamos as fotos que Fred Amòz fez dessa “noite aberta”, em que tivemos os pronunciamentos de Eduardo Vidal, Paula Strozemberg e Lucia Castello Branco. E, em seguida, o texto de boas-vindas da Cas’a, onde se pode ler a letra futurante de Llansol.

Letra Irredutível-4Letra Irredutível-6Letra Irredutível-8Letra Irredutível-11Letra Irredutível-14Letra Irredutível-17Letra Irredutível-18Letra Irredutível-21Letra Irredutível-26Letra Irredutível-34Letra Irredutível-35Letra Irredutível-20

Leia aqui o texto que, abrindo a noite, abriu a cas’a’screver: Mais setembro que novembro

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Estético convívio

  1. Paula strozenberg disse:

    Foi bonita a festa, pá…
    Foi linda! Muito obrigada, cas’a’escrever, por essa primeira parceria de trabalho e pela acolhida.

  2. A Cas’a agradece “a companhia que por nada trocaria”… (MGLlansol)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s