Arquivo do mês: outubro 2019

A luta cotidiana pelo fulgor: feminino de ninguém

Foto de Lucia Castello Branco.   Quadragésimo segundo dia   Eram seis cadeiras vazias, em nossa sala de paredes abertas. Era a espera.   Como um acontecimento em que nada acontece, a não ser o espaço aberto, pelo acontecer, à … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A luta cotidiana pelo fulgor: feminino de ninguém

Foto de Lucia Castello Branco.   Quadragésimo primeiro dia   Continuou assim – um ramo amarelo, uma entrada de tijolos terracota; ela, luz luminosa, revolvendo-se do alto céu à profunda terra, abrindo espaço no interior da árvore: ramo florido, no … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A luta cotidiana pelo fulgor: feminino de ninguém

Foto de Fernanda Teles.   Quadragésimo dia   Foi por uma janela que a vista vazou. E pela delicadeza que o poeta visionário perdeu sua vida. E por essa perda nos rendeu o poema.   – Suas cartas. Primeiro a … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A luta cotidiana pelo fulgor: feminino de ninguém

Foto de Gustavo Assis   Trigésimo nono dia   “Leva-nos em teus braços, pássaro liberdade” – ela, Clarice Lispector, poderia ter dito. Mas, como seu lírio está cravado no peito, não o disse.  “Escrevo para não escrever, quisera escrever em … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário